Impacto do status na vida financeira

Como o status pode impactar sua vida financeira

Muitas vezes, a forma como se leva a vida, é algo que acaba exercendo influência direta na sua vida financeira. O problema é que nem sempre as pessoas percebem isso. Portanto, acabam desenvolvendo problemas financeiros sem nem ao menos saber a origem deles.

Existem alguns fatores que podem gerar mudanças consideráveis na sua vida financeira. Um deles, certamente, corresponde ao seu status social.

Quem não gosta de andar no carro do ano ou fazer aquela viagem de férias para um lugar incrível? Com certeza todo mundo deseja isso.

A diferença entre querer e poder

Na realidade, nós somos os principais responsáveis pelos problemas na vida financeira. Em grande parte dos casos, isso se deve por decisões ruins que você tomou e que, de alguma forma, prejudicaram as suas finanças.

Diante disso, as dúvidas que ficas são: Como saber o real impacto que o status pode causar nas finanças. Como decisões erradas podem acabar comprometendo seriamente a sua saúde financeira?

Por que o status pode comprometer sua vida financeira?

Geralmente, as pessoas fazem de tudo para manter o seu status social. Uma das coisas que a maioria faz é esconder ou se negar a aceitar sua real situação financeira.

Para manter seu status diante da sociedade, elas acabam se afundando em dívidas. São empréstimos atrás de empréstimos, uso do cheque especial mesmo sem ter condições reais de cobri-los… Enfim, as dívidas acabam virando uma grande bola de neve.

O que acaba acontecendo é que essa situação vai se agravando com o passar do tempo e as pessoas, preocupadas com seu status, não se dão conta disso.

Mas então o que fazer para manter o controle das finanças?

Bom, a primeira coisa que deve fazer para manter as suas finanças em dia é evitar a todo custo tomar decisões quando estiver empolgado ou com medo.

Geralmente quando estamos diante dessas duas emoções, acabamos não tomando a decisão mais correta. Estando sob a influência direta da empolgação e também do medo, o nosso controle fica comprometido.

Por isso, a dica nesse caso é não tomar decisões de compra quando estiver empolgado ou então com receio de algo. Caso contrário, as chances de você fazer a escolha errada são enormes.

A inteligência passa pelo autocontrole

Outra dica é não decidir nada e nem comprar por impulso! Estas decisões são as piores e as que geralmente mais afetam a sua vida financeira.

As ações impulsivas quase sempre resultam em efeitos negativos para a nossa vida, principalmente quando se trata das finanças.

Por isso, não agir de forma impulsiva é o ideal para manter as suas finanças em dia, Assim, você pode garantir que você não ficará sufocado de dívidas com o passar dos anos.

Entenda que não comprar algo por impulso é o primeiro passo para a sua liberdade financeira. Sem contar que você também aprenderá a conviver bem, mesmo não dispondo daquilo que deixou de comprar por impulso.

Se por acaso, você achar que não consegue lidar bem com a sua impulsividade e que não vai conseguir controlar bem as suas finanças, pois necessita manter o seu status em primeiro lugar, então o melhor caminho para você é procurar a ajuda de um especialista no assunto.

Portanto, estas são algumas dicas para você conseguir manter o controle da sua vida financeira. Não importa se isso afeta, de alguma forma, o seu status social. Lembre-se que, acima do seu status, deve estar a sua tranquilidade de saber que as suas finanças estão em ordem.

Pense nisso! Se você tem alguma dúvida ou observação, deixe seu comentário abaixo para ajudar outras pessoas a sair das dívidas.