Use o décimo terceiro salário para sair das dívidas

Se livre das dívidas com o décimo terceiro salário

Este é um post rápido para lembrar a você de uma coisa muito importante! O fim de ano é a melhor época para ficar livre das dívidas (ou, pelo menos, conseguir respirar um pouco, se a situação estiver muito apertada). Nessa época, as empresas pagam o décimo terceiro salário e são injetados bilhões de reais na economia, fazendo a roda girar.

Contudo, é também uma época muito perigosa para quem não possui autoconhecimento para saber controlar os gastos e hábitos de consumo. Mas, por quê?

A tão falada Crise

Com o estanque da economia, as pessoas passaram o ano consumindo menos. Isso causa uma certa ansiedade para comprar nesta época, principalmente por conta desse rendimento extra que os trabalhadores recebem. Contudo, se você não se preparar, o que poderia ser a sua salvação, acaba se tornando um pesadelo ainda maior.

Despesas extras

É sempre bom lembrar que logo após as festas de dezembro, onde todos esquecem dos problemas enfrentados durante todo o ano que passou, várias despesas extras batem à porta.

Entre estas despesas extras, podemos citar material escolar, IPVA, IPTU e anuidades de conselhos, por exemplo. Estas são despesas das quais você não poderá se esquivar. No caso de ficar devendo alguma delas, a situação ficará ainda pior, mas o décimo terceiro salário poderá te salvar!

Qual a melhor saída?

A melhor maneira para contornar a situação e se manter equilibrado, é fazer de conta que o dinheiro extra recebido no décimo terceiro não existe. Ou encará-lo como um empréstimo. Se você usar um dinheiro tomado por empréstimo de forma incorreta, isso será prejudicial para você, certo? Então, utilize este mesmo pensamento para lidar com o seu décimo terceiro salário.

Separe os valores estimados para pagamentos destas despesas sazonais. Elas são inevitáveis, logo, devem ser eliminadas o mais rápido possível. Utilize todo o valor que sobrar para amortizar as suas dívidas. Você poderá obter um bom desconto e ainda conseguir alguns meses de “folga” do aperto. Nos meses que seguirão você irá me agradecer!

O fator fundamental

Para se alcançar algo que queremos muito, é preciso, em primeiro lugar, disciplina. A disciplina cria o hábito e o hábito é que vai nos trazer os resultados esperados.

Então, por que não começar imediatamente a criar o hábito de gerenciar melhor as suas receitas e despesas? O consumo consciente e a habilidade na gestão financeira podem mudar sua vida!

Gostou desta dica? Então, compartilhe com seus amigos e ajude àqueles que precisam de uma luz para sair das dívidas. Até a próxima!

2 comentários

  1. Post rápido, porém fundamental para ajudar a se livrar do endividamento.

    Um grande abraço.

    1. Exatamente! O (bom) hábito é o primeiro passo para sair das dívidas de uma vez por todas!
      Obrigado pelo comentário.

Comentários estão fechados.