Carro zero ou seminovo

Carro zero ou seminovo? 7 dicas para ajudar a decidir

Comprar um carro não é uma decisão qualquer. Para alguns, está aliada à realização de um sonho. Para outros, à busca de mais praticidade. Mas, na hora da escolha, o que é melhor: um carro zero ou seminovo?

Confira 7 pontos que vão ajudá-lo a decidir!

Antes de mais nada, você precisa entender qual a sua real necessidade. Este é um veículo para ser usado diariamente ou mais nos finais de semana? Qual o valor você está disposto a desembolsar? E, mais importante, quanto cabe no seu orçamento? Quais modelos te atendem?

Todas as suas decisões, desde preço, modelo, forma de pagamento, até se será um carro zero ou seminovo devem ser condizentes com a sua realidade. Livre-se das preconcepções. Analise assertivamente seu cenário para fazer uma escolha financeiramente mais inteligente.

O que ponderar antes de decidir?

1. Depreciação do veículo

Com certeza, este é o principal ponto negativo de se comprar um caro zero. Segundo dados da Agência Autoinforme, no primeiro ano de uso, o veículo sofre uma desvalorização média de 20% do seu valor. E esse valor pode ser ainda maior em alguns modelos!

Em outras palavras, caso opte pela compra do carro novo, esteja preparado para perder parte desse valor já no primeiro ano. É importante lembrar que, ao contrário dos imóveis, veículos sofrem naturalmente um processo de desvalorização ao passar dos anos.

Optando por comprar um carro seminovo, você se livra da primeira (e maior) depreciação, que ficou às custas do primeiro dono.

2. Preço

O preço do carro seminovo é menor (em se tratando do mesmo modelo). Na maior parte, isso se deve à depreciação (que tratamos no tópico anterior). Além disso, as condições gerais do veículo e a assimetria de informações também ajuda a deixar o preço mais baixo. Ao escolher entre um carro zero ou seminovo, este é o primeiro fator que aparece.

3. Assimetria de informações

Já parou para pensar por que o carro seminovo é mais barato? Somado à depreciação inicial está a assimetria de informações.

Basicamente, é resultante do fato de não haver informações seguras sobre o veículo. O vendedor pode lhe oferecer garantias ou assegurar que todas as informações são verídicas, no entanto, não há como ter certeza.

O carro pode ter reparos mal feitos, itens com mau funcionamento, acessórios não originais. Claro que uma boa revisão do veículo pode ajudar a diminuir o risco da compra, mas, infelizmente, não pode eliminá-lo.

Nesse sentido, o carro zero oferece mais segurança. Você tem certeza das condições do veículo, dos acessórios e dos equipamentos.

4. Manutenção

Ao comprar um carro novo, seus custos com manutenção e reparos serão, provavelmente, menores. Tanto a parte mecânica e elétrica têm maior durabilidade, quanto pneus e partes internas (estofamento e painel, por exemplo).

No caso dos seminovos, esse custo tende a ser maior. Naturalmente, com passar do tempo, o veículo requer manutenções. Nesse caso, o que pode variar é a profundidade desses reparos e seus custos.

5. Garantia

Uma boa vantagem dos carros novos é a garantia, que te oferece mais segurança e conforto. Entretanto, você pode conseguir isso tanto num carro zero quanto num carro seminovo!

Caso o carro seminovo ainda esteja dentro da garantia, mesmo com a transferência de propriedade, a garantia do fabricante continua.

Já nos seminovos mais antigos, a garantia só existe se você comprar de um profissional do ramo, por força da lei. Porém, mesmo essa garantia é limitada e com prazo mais curto. Ou seja, seu risco é maior.

6. Equipamentos

Em alguns casos, para deixar o preço do carro mais competitivo, as montadoras, fazem uma versão mais básica do modelo. Fique atento sobre isso! Alguns modelos têm equipamentos diferentes, dependendo do ano de fabricação ou mesmo itens que foram adicionados por proprietários anteriores. Às vezes, um único equipamento pode impactar bastante no preço final do veículo, seja carro zero ou seminovo. Antigamente isso acontecia com o airbag, que passou a ser obrigatório nos novos modelos a partir de 2014.

Pode ser que você encontre um carro seminovo com mais equipamentos que os novos. E essa é uma vantagem interessante para os seminovos.

7. Modelo

Se você está em busca de um modelo muito específico, pode ser mais difícil encontrar no mercado de veículos seminovos. Por exemplo, você está buscando um modelo X, da cor Y, com quatro portas. Se você não abre mão de nenhuma dessas características, pode levar mais tempo para encontrar o veículo dos sonhos.

Além de todos estes pontos, leia o post Carro é como um filho para ter uma noção mais completa de todos os custos envolvidos na aquisição de um veículo.

Necessidade ou Status?

É claro que, para algumas pessoas, nada vale mais do que tirar o plástico do banco, sentir o cheirinho de novo e ser o primeiro a dirigir. Mas, você precisa de um carro novo? Ou só está sendo influenciado pelo status de dizer “comprei um carro zero! ”?

Muitas vezes, compramos coisas que não precisamos e até mais caras simplesmente por status. Nem preciso dizer que isso não é financeiramente saudável! Então, pondere suas necessidades!

De forma geral, como vimos, comprar um carro seminovo pode ser muito mais vantajoso, mais barato e ainda trazer algumas características do novo, além de, geralmente, comprometer menos a sua situação financeira. Por outro lado, um carro zero também tem suas vantagens. A questão fundamental é analisar todas as variáveis e decidir se o melhor para você é comprar um carro zero ou seminovo!

Pronto para fazer um bom negócio? Compartilhe este artigo com seus amigos e peça a eles para participarem da sua decisão. Se você ainda tem alguma dúvida, deixe seu comentário abaixo.